Rádio Coração FM 93.9
Quilombo/SC
Min.
Máx.
Mapa: veja onde serão ofertadas vagas para Mais Médicos em SC
20/11/2018

A partir de quarta-feira, médicos brasileiros com CRM Brasil ou com diploma revalidado no país podem se inscrever para uma das 258 vagas do programa Mais Médicos em Santa Catarina, que antes eram ocupadas por cubanos. 

No Estado, serão 246 vagas para municípios e 12 para Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI). As vagas estão distribuídas por 144 municípios de SC. Os com maior número de vagas são Mafra (13), Joinville (11), Navegantes (10) e Içara. Em Florianópolis, são duas vagas. Segundo a coordenação estadual do programa, atualmente atuam no Estado 250 profissionais do país caribenho em 140 municípios. 

Busca ativa de candidatos

O coordenador do programa em Santa Catarina, Paulo Orsini, afirma que irão fazer busca ativa de profissionais para ocuparem as vagas. Para isso, vão entrar em contato com universidades e entidades médicas catarinenses. 

— A gente vai tentar de todas as formas incentivar a participação dos médicos brasileiros. Vamos tentar fazer busca ativa de interessados para tentar preencher todas essas vagas de forma mais rápida possível.  

 Ele acrescenta que também irão fazer diagnóstico de quais seriam as situações mais graves de prejuízo à assistência, para então dar uma ênfase maior na busca de candidatos. 

Um dos municípios que pode ter impacto significativo com a saída dos médicos cubanos é Lajeado Grande. Com cerca de 1,4 mil habitantes,  a cidade do Oeste de SC conta atualmente com um cubano como único médico atendendo no posto de saúde do município. O outro profissional, contratado pela prefeitura, atua por 20 horas semanais e está de licença médica. 

— É muito preocupante, porque eles respondem bem aos objetivos do programa. Para nós, ele é um médico muito resolutivo e eficiente. O valor é muito alto para repor médico assim — lamenta a secretária de Saúde de Lajeado Grande, Terezinha Chitolina Siviero.

O profissional é o terceiro cubano a atuar no pequeno município. A média dele de atendimento é de 35 consultas diárias. 

Atualmente, 57% dos cubanos no Estado atuam em cidades de até 10 mil habitantes.  

Sobre o edital e o programa Mais Médicos

Os profissionais do Mais Médicos recebem bolsa-formação (atualmente no valor de R$ 11,8 mil) e uma ajuda de custo inicial entre R$ 10 e R$ 30 mil para deslocamento para o município de atuação. Além disso, todos têm a moradia e a alimentação custeadas pelas prefeituras. 

No país serão ofertadas 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 DSEI. O edital será publicado na terça e as inscrições começam a partir das 8h desta quarta-feira (21/11) e seguem até o dia 25 deste mês para os médicos brasileiros c. Os profissionais podem se inscrever por meio do site. O início das atividades está previsto para 3 de dezembro.  

Está prevista a abertura de uma nova chamada no dia 27 de novembro para brasileiros formados no exterior e estrangeiros. 

 

 

Fonte: Diário Catarinense
Madrugada Coração
00:00 as 06:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Avenida Primo Alberto Bodanese, 608 - Quilombo/SC
Ligue agora
(49) 3346-3308
Horário de atendimento
Comercial